sábado, 15 de maio de 2010

Na escuridão da noite,me peguei pensando na forma como tu me olhaste.Naquela neblina sombria senti seus olhos inflamarem como fogo crepitante.Senti na brisa fria o teu fascínio por minhas madeixas e acabei adormecendo esquecendo do rosto teu,a medida que a noite cedia espaço ao sol.

2 comentários:

  1. Nossa, esse texto mexeu demais comigo...
    Muito bonito!

    ResponderExcluir
  2. Sério? Que Maximo!!
    Ele fala de algo que passei....

    ResponderExcluir